Transporte em Cuba: como funciona? [2023]

Compartilhe: 

O que você vai ler nesse artigo

Existem tantos meios de transporte em Cuba que eu precisei escrever um artigo todo dedicado a eles com as dicas que aprendi na viagem. Pra começar que ônibus lá dizem guagua, e se você quiser ter um gostinho de como é, ouça essa música de Célia Cruz chamada La Guagua. Outra curiosidade é que muitos ônibus são orientais, vem com ideogramas de mandarim ou sulcoreando (não sou boa para identificar, rs) escritos até nos assentos. Agora que já te contei essas curiosidades, vamos pra aprender como se locomover por essa ilha latina!

Quer saber um resumão rápido com TODAS as dicas de viagem pra Cuba? Nesse artigo aqui falo de tudo, desde documentos pro visto, alimentação, burocracias, golpes em turistas, e muito mais!

Transporte do aeroporto

A opção de taxi é, sem dúvida, a opção mais cara de todas. Tem como negociar com os motoristas que ficam ali amontoados na saída. O valor gira em torno de 20 dólares para um trajeto de mais de 20 quilômetros e uns 40 minutos no carro.

Se você quiser ir de ônibus público, vai ser menos de 2 reais, mas vai ter que fazer baldeações até chegar no centro da cidade de Havana. Eu não fiz esse trajeto porque cheguei de madrugada, mas na frente do aeroporto tem alguns pontos de ônibus. Vai se informando ali e mergulha nessa aventura.

Se quiser uma opção intermediária, tem horários de ônibus frequentes que te levam do aeroporto José Martí até o centro de Havana. O valor é de 5 dólares, podem ser pagos com cartão num guichê do aeroporto ou com dinheiro vivo. Os horários estão no painel abaixo:

Viazul

A Viazul é uma companhia de Cuba de transporte intermunicipal com foco em turistas, tanto que as compras são feitas online e é preciso VPN para fazer a compra. Para ver os destinos, horários e preços, você pode conferir no site oficial da Viazul.

No geral, os ônibus são confortáveis, reclináveis e não tem tanta diferença para outros ônibus de viagem. Com algumas diferenças que vou falar melhor a seguir:

Dicas para viajar com a Viazul em Cuba

Como reservar?

Como mencionei acima, você vai precisar de um VPN para reservar online pelo celular. Isso porque Cuba não tem um sistema de pagamento virtual, o pagamento é feito por um sistema da Espanha. E, como você “sai” de Cuba, precisa de um VPN para realizar o pagamento. Os valores são em dólares e o pagamento é feito em cartão internacional.

Para entender mais como funciona a internet em Cuba, vem ler aqui!

Se quiser reservar e pagar na rodoviária, saiba que o sistema está constantemente fora do ar. O que quer dizer que muito difícil você conseguir comprar lá no guichê. Além disso, não vi nenhum atendente aceitando dinheiro, apenas cartão internacional mesmo.

Check-in pra ônibus

Algo muito estranho em Cuba é que você precisa fazer check-in para a sua viagem de ônibus. Isso quer dizer que você tem que chegar UMA HORA antes do horário de partida para fazer o seu check-in. Inclusive, se chegar depois disso, o atendente pode te dar uma dor de cabeça e você não embarcar. Se chegar faltando menos de 30 minutos, você perdeu o direito a sua viagem.

Eu não sei explicar o motivo, mas é assim que funciona e nós, como turistas, temos mais é que evitar dor de cabeça e chegar 1h antes. Aliás, peguei um ônibus 6h e cheguei um pouco atrasada. O atendente deu uns puxões de orelha (verbais, nada demais), e falou que sabia que como era muito cedo as pessoas chegavam em cima e ele fez o check-in de todo mundo. Fique atenta!

Sem banheiro

Uma diferença dos ônibus do Brasil para Cuba é que lá não tem banheiro. Alguns outros países latinos também tem esses ônibus sem banheiro, e em Cuba é igual. Em viagens longas você vai querer ir no banheiro, é inevitável. O que eles fazem é ir até o motorista e informá-lo que quer ir ao banheiro. Quando tiver um acostamento ou uma barriga na estrada, ele vai parar e você vai fazer ali na estrada mesmo. Por isso, recomendo ter papel na bolsa com você para se limpar depois.

Poucas paradas e comida

Como não tem banheiro, você imaginaria que tem muitas paradas em restaurantes de estrada, não? Errado. Uma viagem de 18h teve 2 paradas, uma logo no começo e uma perto do final, apenas. Os valores eram altos e não dá para depender de paradas.

Recomendo levar comida para petiscar no caminho e não depender das paradas. Algumas rodoviárias contam com serviços de restaurantes, e todas que eu fui tinham pessoas vendendo salgadinhos, bolachinhas, para levar na viagem. Se não dentro da rodoviária, na porta ou pertinho sempre tinha.

Ômnibus Nacionales

Essa é uma frota de ônibus voltada apenas para os cubanos. Tanto que quando fui tentar comprar uma vez que fiquei sem horário na Viazul e os atendentes reforçaram que só viaja na Ômnibus Nacionales quem tem carteirinha de identidade cubana.

Ouvi relatos de turistas que conseguiram, mas eu não consegui nem saber os preços nessa companhia. Como é estatal, os preços são subsidiados pelo governo e costumam ser muito baratos.

Trens

Você sabia que existem trens por toda ilha? Os soviéticos são famosos por suas frotas de trem, e quando eles chegaram nos anos 60, começaram a construir uma frota de transporte via trem por toda Cuba. Até hoje existe e funciona ligando a ilha de oriente a ocidente, mas é um pouco confuso saber horários e preços.

Pra começar, você precisa ir até uma estação de trem para se informar quando saem os próximos trens até o destino que você busca. Por exemplo, eu estava em Havana e queria chegar a Santiago de Cuba, seria mais de um dia de viagem. Fui informada que o próximo sairia em 4 dias, mas eu precisava colocar meu nome numa lista de espera e no dia tenho que chegar cedo para garantir o meu lugar.

O valor no vagão simples, com janelas abertas (segundo eles), era de 104 pesos cubanos. E no vagão com ar condicionado, 144 pesos. Isso mesmo, mais de um dia de trem para pagar menos de 5 reais. O mesmo que uma passagem de metrô em São Paulo!

No fim, acabei não viajando de trem por motivos de logística de viagem mesmo, esperar 4 dias a mais em Havana e ter que ficar o dia todo pra talvez nem viajar não estava nos planos. Acabei pagando a bagatela de 56 dólares para viajar de Viazul até Santiago de Cuba. No fim, de R$ 5 acabei pagando R$ 300.

Ouvi relatos de viajantes que tiveram problemas para viajar de trem, e outros que não tiveram nenhum problema e relataram até terem recebido certa “vantagem” na tal fila de espera. Disseram que trechos mais curtos e não saindo de Havana é mais fácil e que o vagão apenas de janelas era muito quente.

Máquinas

Tem também um meio de transporte em Cuba um tanto quanto inusitado: as máquinas. O nome é esse mesmo, MÁQUINAS. Imagine um caminhão com a traseira transformada em um mini vagão de trem, com dois bancos de madeira encostados de cada lado e o resto das pessoas em pé e algumas janelas para ventilação: essa é a máquina.

São caminhões adaptados para transportar pessoas entre uma cidade e outra. Normalmente não são grandes distâncias, como de Havana a Santiago, mas fazem trechos mais curtos como Cienfuegos a Santa Clara (duas horas). O valor foi muito barato, 80 pesos por pessoa, menos de 3 reais para percorrer 70 km.

Como pegar a máquina?

É preciso ter paciência e um pouco de sorte para pegar a tal da máquina. Não existe um ponto no mapa para saber onde pegar a máquina. Normalmente é perto da rodoviária da Ômnibus Nacionales, que por vezes é diferente da Viazul.

Mas, mesmo assim, é preciso ir na rua perguntando às pessoas e deixando claro que é de “camión” (caminhão em espanhol), e não te taxi compartilhado. No meu caso, que não pareço nem latina, as pessoas ficavam me apontando para a Viazul ou para taxi compartilhados. E muitos taxis compartilhados falando que “uma máquina acabou de sair, vai demorar pra passar outra” e tentando negociar para nos levar até Santa Clara.

Demorou cerca de uma hora e quando eu vi um caminhão com pessoas na traseira passando na rua já fui logo correndo perguntando se ia até Santa Clara e quanto custava. Falou que sim e que era 80 pesos por pessoa. Pagamos e pulamos na parte traseira e foi assim que fomos até Santa Clara.

Táxis privados e compartilhados

Um outro transporte pra viajar muito famoso por Cuba são os famosos taxis compartilhados ou privados. Por vezes são aqueles carros antigos, e por outras pode ser um taxi amarelo normal mesmo. Para encontrar um taxi compartilhado é fácil, pergunte para as pessoas de onde costumam sair e vai até lá ver se tem disponibilidade. Você pode pegar uma viagem privada ou compartilhar ela com outras pessoas, e, com isso, baratear a viagem.

Os preços não são tabelados e vão depender muito do seu poder de negociação. Mas fica o aviso, como Cuba sofre de uma escassez de gasolina isso afeta também o preço e a oferta desse tipo de serviço. Sempre que perguntamos os valores estavam super altos, mais altos do que a Viazul, e por isso não viajei dessa maneira em Cuba (dessa vez).

Transporte municipal

O que eu posso dizer sobre o transporte municipal em Cuba é: confuso. Existem ônibus e neles estão escritos para onde vão, então fique atento nas ruas caso queira ter essa experiência. Os preços podem variar da distância, de 10 pesos até uns 30 pesos, isso é uma média, claro. Pergunte para as pessoas e fique atentos n

O mais comum pela cidade é um tipo de taxi com uma bicicleta, onde o motorista pedala até o seu destino. O preço é aberto e costumam abrir para negociação. Apenas fique esperto com negociações abertas demais, falou 400 pesos mas não falou se era por você e pela pessoa que viaja com você? Pode ser que ele cobre 800 pesos no final da corrida. Seja clara na comunicação.

Depois disso tem uma carretinha pequena que carrega produtos, mas por vezes também transporta pessoas. E segue a mesma lógica de negociação da bicicleta. E, por último, em algumas cidades também tem as carroças, puxadas à cavalo mesmo. Normalmente é compartilhado e costumam ser baratos. Por isso que muitas vezes o cheiro de cocôzin de cavalo toma conta de algumas ruas. Isso também é um reflexo da escassez de gasolina na ilha, inclusive.

Todas essas opções são feitas em dinheiro físico, nenhuma chance de pagar com cartão.

La Nave, o Uber cubano

Agora vem uma surpresa: em Cuba existe o aplicativo La Nave que funciona bem parecido com o Uber. O pagamento é feito em dinheiro mesmo para o condutor. Dependendo da cidade existem poucas opções de motoristas, ou até nenhum motorista por perto. Os valores são mais baixos do que ficar negociando com taxista na rua.

Como é um aplicativo cubano, não tive nenhum problema de baixar quando estava lá na ilha. Até porque não sabia que existia essa opção de transporte antes de ir pra Cuba.

Ônibus turísticos

Por outro lado, existem aqueles ônibus bem turísticos que tem dois andares, com o 2º andar aberto e que fica rodando pela cidade com turistas subindo e descendo. São conhecidos como hop-on hop-off em inglês. Diferente das outras opções de transportes que falei no tópico anterior, esse daqui o mais comum é pagar em cartão internacional e o preço varia de 5 a 10 dólares. Em alguns casos vi pessoas pagando em dinheiro também, mas não é sempre. Você também pode comprar a passagem pela agência de viagem estatal Cubatur.

Como você pode ver na foto acima, existem placas nos lugares de parada com os horários que o ônibus passa e qual é o trajeto que faz. Eu vi esse ônibus nas cidades de Havana, Varadero, Trinidad, e Viñales. Fora isso, não vi, mas não quer dizer que não tenha, claro, foi apenas o que eu vi.

Conseguiu entender como funcionam os meios de transporte em Cuba? Espero que sim, mas caso tenha alguma dúvida, sugestão ou adicionar uma dica aqui, deixe nos comentários!

Gostou? Compartilhe!

CONHEÇA O PROJETO

Portal de relatos e dicas de viagens para mulheres que querem viajar sozinhas ou estão viajando sozinhas pelo mundo. Vamos nessa?

NEWSLETTER

Descontos para Você

Aproveite as vantagens para sua viagem!
NOSSOS PROJETOS

Apoie este projeto!

Saiba como participar do Elas!
ÚLTIMOS POSTS
CARTÕES POSTAIS

Gostou? Comente abaixo!

12 respostas

  1. Olá, meninas! Muito bom, muito detalhado o texto! Parabéns! Ficarei sozinha em Cuba durante todo o mês de dezembro. Gostaria de mais informações sobre como comprar passagens pela via azul. O que seria esse VPN? consigo comprar passagens pelo celular?
    Grata!

    1. Oi, Isa! Tudo bem contigo? Feliz que esse artigo te ajudou! No texto sobre como funciona a internet em Cuba eu explico tudo sobre o VPN, qual eu contratei. E sim, eu comprei 80% das passagens pelo celular mesmo, maaaas precisa ter o VPN ligado na Colômbia, México, São Paulo, senão realmente não efetua a compra. O artigo é esse daqui: https://elasviajamsozinhas.com.br/internet-em-cuba-dicas-para-se-manter-conectada-2023/ se tiver qualquer outra dúvida, só me falar! 🤗

    2. Olá! Eu vou pra Cuba agora em Outubro e não sei como está sua viagem, mas se você tiver com tudo organizado, pode comprar no Brasil também pelo site viazul. É até mais fácil.

  2. Olá!
    Gostei muito desse post! Esclarece muitas dúvidas e de forma objetiva.
    Mas ainda tenho uma dúvida, se vocês puderem ajudar. 🙂
    Gosto de viajar com tudo organizado e comprado. rsrsrs
    Eu consigo comprar as passagens de ônibus pela internet, ainda no Brasil?
    Obrigada por compartilhar suas experiências!

    1. Oi, Catarina! Feliz que os artigos tem te ajudado! 💛
      Sim, você consegue comprar as passagens daqui do Brasil também, se preferir. Esse é o site e você pode conferir horários e preços: https://viazul.wetransp.com/ . E vai uma outra dica, nós pagamos com cartão internacional da WISE para pagar menos iof. Se precisar de outra dica, estou por aqui 😊

  3. Estamos indo um pequeno grupo em fevereiro e a dúvida é como chegar em Santiago de Cuba .
    Gostei das informações ,vamos avaliar .

    1. Oi, Franceny! Para ir de Havana até Santiago de Cuba você tem 2 opções: avião ou ônibus. Nenhum dos dois tem frequência diária, mas você pode checar as de ônibus no site da Viazul que expliquei no artigo. A viagem durou umas 20h, mas os assentos eram confortáveis. Não teve muitas paradas no caminho, recomendo levar comidinhas e bebidas para beliscar. E avião tem a companhia Cubana e a FlyAlways. Não fiz voos interno em Cuba, apenas de ônibus, então não saberia te dar informações sobre como funcionam. Também tem a opção de trem, mas essa é muito demorada e tem longas fila de espera 🙂 Buen viaje!

  4. Adorei as dicas, mas ainda tenho uma dúvida, entrei no site da Viazul, para reservar as passagens daqui do Brasil, mas existe suplementos e equipamentos, precisamos pagar para levar bagagem?

    1. Oi, Cristiano! Você só paga se levar 2 bagagens na parte debaixo, se for só 1 bagagem, está incluído no valor. Você tem que clicar no “añadir equipaje” e adicionar 1, vai ver que não vai mudar o valor final porque não tem custo nenhum. E sim, verdade, eu tenho que acrescentar um item isso nesse artigo! Obrigada pelo toque e boa viageeeeeem! 😊

  5. Olá gostaria de saber se utilizaram o app la nave para taxi? Li em alguns relatos que o aplicativo só aceita números com 10 dígitos e o nosso tem 9 + 2 da região que totaliza 11. Vcs tiveram esse problema? Obrigado abcs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *