O medo do desconhecido

Compartilhe: 

O que você vai ler nesse artigo

O que te impede?” Essa pergunta acompanhou por um bom tempo a minha mente.

Ilha de Superagui, Paraná – 2019⁣⁣ | Kênya Garbossa

“Lucha como una mujer” – Kênya Garbossa

⁣⁣
O que te impede de ir em busca do teu sonho, de ser realmente feliz? De dar um real sentido a tua vida? De onde vem essas negações que você carrega aí dentro, que ficam arrumando uma desculpa atrás da outra, criando dificuldades que te fazem paralisar? ⁣⁣
⁣⁣
Não, não há nada que me impeça. Só depende de mim. E eu sou FODA!⁣⁣
⁣⁣
Como você vai fazer pra se manter por tanto tempo viajando? Como vai ser depois que voltar? ⁣

Um dia conheci um ser de luz que me disse: “não se preocupe com o “como”. Isso vem depois, vai fluir, você só precisa estar no caminho e confiar no Universo”. ⁣⁣
⁣⁣
Mas você vai largar tudo? Seu trabalho, o conforto e a segurança do seu lar, sua família, seus amigos, sua estabilidade?⁣⁣
⁣⁣
Estabilidade? Tá aí uma coisa muito relativa. É estável até o dia que deixa de ser. Conforto? De que adianta o conforto e uma vida estável, e deixar de ver tudo que esse mundo tem pra me mostrar?⁣⁣
⁣⁣
Não, o previsível pra mim não serve mais. É no incerto que estão as grandes surpresas da vida, é na insegurança que me sinto mais segura, mais confiante, sem as camadas de proteção, sem condicionamentos. Me aproximando cada vez mais do que eu realmente sou e menos do que esperam de mim. ⁣⁣

Não sei

E quando você volta? Não sei.⁣⁣
⁣⁣
Qual o seu roteiro? Não sei exatamente.⁣⁣
⁣⁣
Mas você vai sozinha? Nessa hora eu estufo o peito e digo: Vou! Viajar sozinha é liberdade, de fazer o que quero, na hora que quero. Sem me preocupar em agradar ninguém. Sozinha estou aberta para conhecer novas pessoas, e esse sozinha também acaba sendo muito relativo. Quero me apaixonar um milhão de vezes. Quero me amar muito, e me conhecer cada vez mais.⁣⁣
⁣⁣
Você vai ficar em casa de desconhecidos? Como você pode confiar? Um dos maiores aprendizados dos últimos tempos foi: quebrar o paradigma de que não se deve confiar em desconhecidos. Se existe confiança no outro desconhecido, é porque ele não será muito diferente de mim. Eu quero mesmo é conhecer pessoas e entrar em suas vidas, compartilhar experiências e culturas, fazendo de suas casas o meu lar.

Nos sentimos sozinhas, com medo e não sabemos o que é. O medo do desconhecido ao viajar sozinha é algo que pode nos impedir de ir atrás do que queremos, de organizar nosso sonho e tirar ele do papel. Se quiser entender mais sobre o medo do desconhecido e o medo do imaginado, clique aqui para ler essa reflexão.


Continue acompanhando a viajera @loba_viajera . “Viajera” solitária, me joguei na estrada por tempo indeterminado para ver com meus próprios olhos outras realidades que meu mundinho não podia me mostrar. Há 1 ano nessa jornada, já entendi que não se trata mais de um tempo sabático, e sim um estilo de vida, baseado na troca e no compartilhamento. Eu iniciei essa jornada em 07/05/19. Escrevi esse post logo na primeira semana, na Ilha de Superagui. Sigo na estrada!

Gostou? Compartilhe!

CONHEÇA O PROJETO

Portal de relatos e dicas de viagens para mulheres que querem viajar sozinhas ou estão viajando sozinhas pelo mundo. Vamos nessa?

NEWSLETTER

Descontos para Você

Aproveite as vantagens para sua viagem!
NOSSOS PROJETOS

Apoie este projeto!

Saiba como participar do Elas!
ÚLTIMOS POSTS
CARTÕES POSTAIS

Gostou? Comente abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *